Como Vender no Mercado Digital? Guia Para Iniciantes!

Responda com sinceridade: você acha impossível aprender como vender no mercado digital? Se a resposta for positiva, o texto mostrará que não é assim e você poderá começar hoje mesmo a fazer as suas vendas.

O processo consiste em prestar atenção na forma de vender, porque será com produtos físicos e vendidos por você. Nesse cenário, dropshhiping e mercado de afiliados (de produto físico ou digital) não entraram nessa conta.

É primordial entender como vender no mercado digital e a ideia desse texto é mostrar os seis passos para você conseguir. Dessa forma, confira a seguir mais informações e veja como começar hoje mesmo.

Afinal, como vender no mercado digital?

O mercado digital cresce a cada dia mais e apenas em 2020 o crescimento foi de 20%, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. Sendo assim, isso mostra que aproveitar esse momento é uma boa medida.

Seja vendendo roupa ou qualquer outra coisa, a verdade é que você tem uma excelente oportunidade. No entanto, é necessário ter muita atenção no processo e não se esquecer que leva tempo para dar certo.

Para aprender a como vender no mercado digital, o ideal é prestar atenção em seis dicas importantes para que dê certo. Veja abaixo como começar e as razões para iniciar nessa atividade a partir de agora.

1- Escolha um local para vender

Em primeiro lugar, não tem como começar sem ter um local adequado para que as vendas aconteçam logo. Dá para proceder de duas formas: 1) usar os marketplaces disponíveis; 2) montar o seu próprio e-commerce para vender.

Embora pareçam coisas diferentes, a realidade é que você precisa proceder em 90% das situações da mesma maneira. Se você ficou curioso para saber quais são as opções e tudo mais, abaixo compartilho contigo as informações:

  • Marketplaces: Essa é a opção mais indicada para começar, uma vez que você pega uma estrutura pronta e apenas aproveita. Trata-se de escolher o tipo de anúncio, fazer a descrição e enviar o produto.
  • Montar seu próprio e-commerce: Uma bela alternativa para aqueles que são familiarizados com comércio eletrônico. O desafio é ranquear entre os primeiros resultados e conseguir a famosa validação.

Destaca-se o fato de não ter uma opção melhor ou mesmo pior e tudo depende de um único ponto: você. Então, tenha calma e paciência, procure analisar o cenário e descubra a opção que faça mais sentido para você.

Lembre-se: independente da sua escolha, os próximos passos são os mesmos. Se você escolher pela montagem do seu próprio e-commerce, providencie o registro de domínio e uma plataforma de e-commerce.

2- Capriche no anúncio

Certamente é um dos pontos mais críticos e detalhe: várias pessoas erram nisso e podem se prejudicar. A dica, entretanto, é sempre descrever o item e inserir as informações com critério, sem ter pressa e nem forçar a venda.

Muitos acham que precisam colocar táticas de vendas e uma descrição forçada, mas são medidas sem qualquer eficácia. O ideal é ser descritivo, assertivo e objetivo, veja abaixo três exemplos de descrições:

  • Camiseta de algodão Plus Size da SBA Surf, preta, 100% algodão, G-2 e com várias cores disponíveis (Preta, Azul e Roxa);
  • Tênis Altimax esporte, número 44, preto, com amortecedores e com garantia de 5 anos;
  • Short feminino G, 100% algodão, rosa, com estampa colorida e pode ser personalizado por você.

Deu para ver que descobrir como vender no mercado digital depende de você ter muita atenção nesse passo. Porém, não deixe de atentar-se aos demais e saiba que são essenciais para que você descubrir o que fazer.

Leia também: Como Trabalhar Com Vendas Online? Guia Para Iniciantes!

3- Envie para o cliente o produto

É muito comum que as pessoas acham que basta levar os produtos ao Correio e pronto, mas o que será que aconteceu antes. Portanto, a falta de atenção prejudica o processo e o vendedor não capricha no envio do produto.

Um bom exemplo disso é o prazo e acredite: quando alguém compra o seu item, a pessoa deseja receber logo. O principal é enviar o produto o mais rápido possível, se tiver como envie no mesmo dia.

Tem outra questão comum: o embrulho feito com pressa e sem nenhum tipo de capricho. Em outras palavras, tenha carinho na hora de embrulhar e utilize uma caixa de boa qualidade, papel de presente e envie o item bem embalado.

O envio de mimos é sempre uma boa alternativa, como por exemplo: balas, chaveiro, cortador de unha, carta de agradecimento, etc. Afinal, todo mundo gosta de receber uma atenção a mais na hora em que está comprando algo.

4- Envie as informações para rastrear a entrega

Imagine que você acabou de ter todo o cuidado para enviar o produto, agora responda: o que mais deve ser feito? A resposta é mais fácil do que você imagina e trata-se de permitir que o cliente rastreie essa entrega.

O envio do código de rastreio é uma parte essencial disso, pois possibilita que o cliente acompanhe. Ou seja, pode até parecer algo sem nexo, mas a realidade é que o cliente comprou e quer saber quando vai receber.

Se você estiver dentro de um marketplace, o próprio sistema envia o código e possibilita que o cliente acompanhe. Por outro lado, vale a pena dar uma olhada e enviar manualmente, caso esse sistema não funcione bem.

Quando o e-commerce é seu, esse envio pode ser feito por e-mail ou mesmo aparecer no status da compra, certo!? De um modo ou de outro, a melhor opção é que você possibilite que o cliente acompanhe o processo de entrega.

5- Cuide do pós-venda

É preciso entender, antes de mais nada, que o pós-venda é obrigatório e não deve ficar restrito às reclamações. Inclusive, esse é um dos erros mais primários e que pode causar um impacto terrível para o negócio, concorda!?

Pense que a jornada de compra do cliente foi encerrada, porém o que deve vir depois disso? Trata-se de você convidar a avaliar o seu produto, seguir mantendo contato e explicar os passos para usar a garantia.

É comum pensar que isso não faz tanto sentido, porém a realidade é muito diferente dessa. Em resumo, facilite a vida do seu cliente final e faça-o sentir-se bem, porque é valorizado pela empresa e tem esse destaque a mais.

Se você cuidar do seu pós-venda e caprichar nesse cuidado, o cliente volta e se sente acolhido. Então, para aprender a como vender no mercado digital é fundamental que você aprenda a importância de estar atento a esse ponto.

6- Lucre cada vez mais vendas

Por fim, você precisa também aumentar a sua quantidade de vendas e expandir a operação, pois não dá para perder tempo. Enquanto você fica restrito a um público, outro player expande e pode até ocupar o seu espaço.

Para evitar essa situação, a dica é manter o seu estudo e buscar sempre por coisas novas para o seu negócio. Em seguida, basta aplicar e começar a sentir os resultados, que precisam ser maiores e mostrar a todos a sua evolução.

Saber como vender no mercado digital foi o desafio e o texto mostrou os passos, não é mesmo!? Enfim, a aplicação é contigo e tenho certeza de que as vendas vão aumentar, desde que você também faça a sua parte.