Funil de vendas: Como utilizar para aproveitar as festas de fim de ano

O marketing é responsável pelo desenvolvimento de diversas ferramentas e estratégias, que ao serem bem implementadas são capazes de destacar as atividades da sua empresa de forma positiva, almejando o progresso. O funil de vendas sendo uma delas.

Isso porque a taxa de consumo alcançada em uma empresa é muito dependente da relação que essa companhia possui com o seu público-alvo, de forma a garantir que eles não apenas consomem seus produtos, mas que eles façam isso de maneira recorrente.

Quanto mais um cliente for fidelizado, maiores são as chances dele repetir o processo de compra, e em um nível mais avançado, recomendar os seus serviços, como um parceiro espontâneo da marca, ampliando dessa forma o número de clientes desse negócio.

Podendo ser o caso de uma construtora, que adquirir um poliguindaste duplo para ser usado em suas obras, e após desfrutar da qualidade desse produto resolve encomendar outros modelos de caminhão, indicando essa empresa também a outros negócios do ramo.

Duas situações nas quais os números de venda de uma empresa podem contar com um percentual de crescimento, o que resulta em uma valorização dessa companhia no mercado, sem contar com o aumento de capital, permitindo mais investimentos.

Mas para que de fato essa relação comercial seja positiva para o seu negócio, é importante se conectar profundamente com esse cliente em especial, do qual se iniciou uma teia de oportunidade, começando com a simples compra de um produto específico.

E para se fortalecer essa relação com os seus consumidores é importante conhecer profundamente os seus hábitos de compra, para que um contato comercial antes da hora o impeça de comprar um retentor de gotas, por mais que necessite disso em sua fábrica.

A função de um funil de vendas é a de justamente acompanhar o seu cliente durante esse processo, logo, é de grande importância para o mercado conhecer as particularidades dessa ferramenta, que atua através das especificações do público.

Como funciona um funil de vendas?

Para entender a função de um funil de vendas, antes é adequado se lembrar da utilidade de um funil, um objeto que permite uma transferência melhor de um elemento para outro recipiente, muitas vezes agindo também como um filtro.

Bem, quando se pensa em marketing, a função desse funil não chega a ser tão diferente, no entanto contando com agentes muito mais complexos, no qual o elemento em si se refere ao seu público consumidor, com o número de vendas sendo o propósito final.

Por meio de diferentes estratégias, desenvolvidas tanto pelas equipes de marketing como pelo time de vendas, uma empresa consegue se aproximar do seu público, identificando não apenas o seu potencial de compra, mas a variação que ocorre até essa decisão.

Um conjunto de técnicas que permite a um escritório que trabalha com serviços de consultoria aduaneira ter uma relação de maior proximidade com os seus possíveis clientes, transformando visitantes em leads, e por fim, operar a sua conversão de vendas.

Com variadas estratégias divididas em três diferentes etapas, as de topo, meio e fundo de funil, um negócio pode alcançar uma taxa de vendas não apenas maior, mas também otimizada, permitindo uma expansão a longo prazo, tendo início em uma época específica.

Datas comemorativas, por exemplo, são ótimos momentos para se expandir o número de vendas em uma empresa, contando com uma parcela de público maior, somando os clientes frequentes com aqueles que aparecem em momentos esporádicos.

A época de final de ano então é um prato cheio para o mercado, com a troca de presentes sendo uma atividade que anualmente movimenta o setor comercial.

A aplicação de um funil de vendas nesse momento pode fazer com que uma empresa não só tenha um número maior de clientes, como também consiga aproximá-los de forma fidelizada à companhia, dando continuidade a essa relação comercial de início casual.

Como um paciente que foi recomendado pelo seu médico a consumir um suplemento mineral, diante do seu desgaste resultante do alto nível de trabalho durante o final de ano.

Um funil de vendas identifica essa necessidade do consumidor, dando a empresa a oportunidade de desenvolver técnicas que fidelizam esse cliente também para as outras épocas do ano, sendo preciso apenas conhecer o funcionamento do funil em suas fases.

Aumentando as vendas de final de ano com um funil

De forma a aproveitar o potencial comercial do período das festas de final de ano, quando o mercado consumidor se encontra em alta, resultado do maior poder aquisitivo do público durante essa época, a sua empresa precisa saber como chegar aos clientes.

E não apenas trabalhar com anúncios, mas saber o momento exato de trabalhar com tais ferramentas tão específicas, com outros métodos de conteúdo podendo trazer maiores benefícios, principalmente quando um potencial consumidor ainda se encontra em dúvida.

Um funil de vendas opera com a identificação da posição do cliente em relação à compra final, mas tudo começa com o primeiro contato a ser realizado com esse público:

Topo de Funil

O topo do funil é o momento no qual uma empresa busca encontrar o maior número possível de clientes, de forma a refinar tais audiências nas etapas seguintes, encontrando a faixa ideal de clientes com o qual a sua companhia pretende trabalhar.

Ao mesmo tempo, já existe uma certa segmentação, com conteúdo que atrai um público interessado em temas relevantes para o produto com o qual sua empresa trabalha. Como uma matéria sobre tradução de sites, para uma companhia de eletrônicos.

Esse é o momento de descoberta de um problema por parte desse possível cliente, sendo necessário que as marcas comecem a induzir uma necessidade, sem ao menor se identificar de forma tão presente.

No caso dessa empresa de tecnologia, que pretende lançar uma nova linha de computadores no Natal, é importante começar a trabalhar com a precisão do indivíduo por um notebook novo alguns meses antes desse lançamento.

Meio de Funil

Já no meio do funil os propósitos começam a se tornar mais claros, mesmo que a sua marca continue tímida por trás dos conteúdos disponibilizados.

Com o cliente já reconhecendo o seu problema (comprar um presente para o seu sobrinho), é chegado o momento de apresentar uma possível solução (indicando diferentes brinquedos).

Brinquedos esses que fazem parte do estoque de produtos analisados pelo sistema para controle de loja do seu estabelecimento, por mais que a sua empresa continue sem se apresentar de forma direta. 

E-books personalizados, landing pages em seu site, são alguns dos conteúdos que permitem coletar informações sobre os seus prováveis clientes, de forma a ser trabalhado na etapa seguinte.

Fundo de Funil

Agora sim é chegado o grande momento para a sua empresa, destacando-se como a companhia capaz de resolver os problemas do seu público, direcionado pelas etapas anteriores do funil.

Como anúncios voltados aos serviços de uma consultoria de melhoria de processos, para empresas que demonstraram ter dificuldades em administrar o seu ambiente interno, ou com comerciais de perfume para um jovem que não sabe como presentear sua namorada.

Se normalmente os clientes já trabalham com dúvidas e incertezas, no período de final de ano, tendo que comprar diversos produtos para diferentes pessoas conhecidas, essa indecisão se torna maior, sendo assim o momento perfeito para a sua marca se apresentar.

O aumento de vendas parece ser o benefício mais óbvio a ser conquistado com um funil de vendas, mas existem outros privilégios que merecem atenção.

As vantagens de um funil de vendas

O grande propósito do funil de vendas é de fato impulsionar a taxa de consumo dos produtos ou serviços ofertados por uma empresa, contudo, ao acompanhar intimamente os seus clientes, essas companhias passam a ter uma relação mais duradoura com o público.

Assim, entre os benefícios de se implantar um funil de vendas aos seus negócios destaca-se:

  • Receita mais previsível;
  • Uma melhor relação com os clientes;
  • Estratégias comerciais otimizadas;
  • Produtividade maior.

E ao identificar maneiras de melhor se conectar ao público, uma empresa pode contar também com um programa interno também aprimorado, reagindo às necessidade dos consumidores, como na adoção de um sistema de gestão de processos logisticos.

Uma relação que começa com o propósito de aumentar o número de vendas, e terminar com uma otimização total das atividades realizadas por uma empresa, identificando as melhores maneiras de se conectar ao público interno e externo de um negócio.

E o melhor momento para se testar novas possibilidades é justamente no período no qual uma empresa se encontra com mais clientes, como costuma ocorrer no fim de ano, em relação às festividades anuais.

Pois se o público está apto a consumir, cabe a sua empresa desenvolver as melhores estratégias para se responder a tais necessidades, e um funil de vendas pode ser a ferramenta ideal para se identificar tais estratégias.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.