O que é growth marketing?

Saber o que é growth marketing é mais fácil do que você pensa e se trata do marketing de crescimento. Ao mesmo tempo, revoluciona a gestão de vendas, aquisição e da própria retenção dos seus clientes.

O objetivo é crescer exponencialmente as empresas e por isso conseguiu conquistar a atenção de muitas startups. Nesse contexto, apenas empresas assim é que devem usar, pois são as que procuram inovações constantes.

Entender o que é growth marketing consiste em entender que o foco é no crescimento e não só nas vendas. Inclusive, a retenção de clientes é mais importante do vender, porque é o que gera mais recorrência de receita.

O que é growth marketing e por que é importante?

o que é growth marketing

O marketing de crescimento é considerado um tipo de ramificação do growth hacking, mas a diferença para o growth marketing não é tão voltado a área de experimentação, então o foco é em crescer com rapidez, enquanto adquire clientes e também os retém.

Pense no marketing tradicional e você deve entender que o objetivo é gerar vendas, pois atua naquilo que já funciona. Além disso, usa os canais de marketing já conhecidos, como TV, jornal e rádio.

A grande questão do marketing tradicional é entender quem são os principais parceiros e se trata dos profissionais criativos em se comunicar. Por outro lado, o marketing de crescimento visa gerar o crescimento de modo exponencial.

O processo de atuação se dá em cima de hipóteses e testes com padrão científico. Afinal, está presente em vários canais inerentes ao marketing e os principais aliados para analisar os dados são os engenheiros.

Para entender do que se trata, convém explicar o funil de vendas da forma tradicional e a divisão se dá assim:

  • Topo do funil: visitante e lead;
  • Meio do funil: oportunidade;
  • Fundo do funil: cliente.

O topo do funil é inerente ao momento em que a pessoa descobre um determinado problema. Em seguida, no meio é que ele busca soluções e o fundo do funil é o momento de tomar a decisão final de venda.

Growth Marketing

Com o Marketing de Crescimento, o cenário é diferente e o funil é outro, inclusive tem o nome de funil pirata. Portanto, o foco se dá na abrangência e incerteza naquilo que pode acontecer com a pessoa.

Na etapa de aquisição, saiba que os consumidores podem descobrir a marca ou mesmo o produto. Nesse caso, a meta é gerar leads e para isso é preciso usar estratégias de conteúdo, formulários e também no chatbots.

A próxima etapa do funil é a ativação, em que será preciso fazer o cliente usar aquilo que comprou o quanto antes. Em outras palavras, é preciso usar a empolgação para que o cliente tenha uma experiência mais positiva.

Na Retenção, saiba que a empresa deve manter o máximo dos usuários ativos e o uso se dá para usar os esforços para elevar a frequência de uso que os clientes possuem, não é mesmo?

A penúltima etapa é a Receita e a meta é utilizar as estratégias para gerar uma maior fonte de monetização. Para isso, os profissionais devem testar as táticas que incluam a precificação e outras táticas.

A etapa final é o Indicação e a meta é estimular os clientes a indicarem um serviço para familiares e amigos. Para esse fim, são criadas várias premiações e outras formas de incentivar para gerar melhores resultados ainda.

Percebeu como o funil do marketing de crescimento visa que os clientes se mantenham como usuários ativos. Em seguida, a meta é reter e estimular a indicação para outras pessoas, pois foca em gerar receita recorrência.

Vantagens

Para concluir o texto, é indispensável se atentar às vantagens que existem no growth marketing. É possível citar pelo menos sete benefícios, que são sensíveis dentro de pouco tempo, a seguir veja do que se trata:

  • Conheça seu público: com os dados sobre o seu público, você consegue ter insights valiosos para fidelizar o público ainda mais.
  • Aumente seu tráfego: ao ter mais visitar no seu site, a chance de impactar os clientes é maior e você consegue ter mais vendas.
  • Desenvolva uma cultura empresarial: por entender o público e ter mais visitas, você mostra resultado aos seus liderados e desenvolve uma cultura.
  • Mais experiência do usuário: o usuário aproveita o momento de empolgação e tende a avaliar a sua estratégia de forma positiva.
  • Otimização do ciclo de vendas: com a jornada de compra mapeada e empolgado pela compra, você consegue otimizar a trajetória.
  • Ticket médio maior: às vezes você pode até vender menos, mas terá um ticket médio maior e mais recorrência de venda em todo o processo.
  • Planejamento estratégico: ao planejar tudo estrategicamente, dá para entender onde melhorar e o que está bom para o seu negócio.

Agora que você aprendeu o que é growth marketing e viu as vantagens, utilize esses recursos agora mesmo. Em outras palavras, coloque em prática e gere ainda mais retorno para o seu dia a dia.